Mysteries
""
theme ©
“Primeiro você me arrancou um sorriso, e depois o coração.”
400.     (via auroriar)

“Te tratam como se você fosse a melhor pessoa do mundo, e depois te fazem sentir como se fosse a pior.”
Dezembro, 1996.   (via erzdiozese)

“As vezes é necessário se desligar de algumas pessoas.”
Caroliny Keller  (via auroriar)

“Mas é claro que eu gosto de você. Ta escrito na minha agenda, no bilhete colado na geladeira, ta escrito nos muro da minha casa, e tatuado no meu coração. Que coisa, né?”
Obviously, I love you.  (via desvalorizavel)

“À noite
o corpo aquieta
mas a mente inquieta.”
Jéssica Letícia (via sincronizar)

“Porque eu te juro, de todas as coisas do mundo, eu só queria olhar pra você.”
Tati Bernardi.  (via sou-guerra)

Não é apenas no primeiro dia do mês que você pode fazer da sua vida, uma vida nova. Todos os dias são dias de fazer e refazer escolhas, tomar decisões, de seguir por uma nova estrada… Traçar um novo rumo. Renovar o velho, envelhecer o novo (por que não?). Re-pensar seus julgamentos, suas escolhas do dia de ontem, e o que iria fazer amanhã. Sei que todo mês acabamos por nos condicionar ao pensamento de que, ”mês que vem eu começo”, ”mês que vem eu mudo”, ”mês que vem eu decido”. Todo primeiro dia do mês todos postam frases e textos fazendo promessas e mais promessas (confesso que também ajo de tal modo). Promessas estas, que em grande parte, quando chega o final do mês, não foram cumpridas. Mas deixa, mês que vem eu cumpro-as, não? É um ciclo do qual fazemos parte e nem se quer notamos. Deixamos tudo para o mês que vem, para o amanhã, como se o hoje não existisse. Como se hoje eu não pudesse virar a volta, pegar as minhas bagagens, e mudar meu destino. A passagem de ida e de volta, está com você todos os dias, não apenas no primeiro dia de cada mês. O aeroporto da vida está sempre aí, e os aviões estão pousando e decolando a todo momento. A decisão de ficar esperando na sala de embarque/desembarque até o mês que vem é só sua. Aproveite o hoje para rever as bagagens que estás carregando. Aproveite para limpar a alma, a mente, o coração. Para rever e inverter prioridades. Se a vida não está boa do modo em que ela se encontra, tente coisas novas. Cada dia é um novo dia, uma nova chance. Todos os dias temos 24 horas constituídas apenas de decisões. Estamos tomando decisões a cada segundo, pois, mesmo quando decidimos não decidir, esta é uma escolha. Suas escolhas estão acontecendo mesmo agora, quando decidiu ‘desperdiçar seu tempo’ lendo este texto. Suas escolhas aconteceram quando você resolveu mudar o rumo, quando resolveu esperar, quando resolveu deixar para o mês que vem. Todo dia é um ‘mês novo’. Quem reclama de como encontra-se sua vida, mas não se arrisca a tentar mudá-la, precisa parar e entender que nada se modifica sozinho. E quem atrai coisas boas ou ruins, não é o mês que está por vir. Nada acontece por um milagre de um mês novo, senão por suas escolhas, atitudes, mudanças, ou até por permanecer igual (quando estamos satisfeitos do modo que estamos, não é preciso mudar). O fato é, o que temos é o dia de hoje. Não há o ontem, não há o amanhã. O ‘mês que vem’ na realidade nunca irá chegar, a existência está no hoje. Ontem era hoje, amanhã será hoje. Sua felicidade não deve esperar pelo mês que vem.

escrever-e-libertar:

-Gabi (Gabriela Elias)


“Não perca seu tempo comigo, porque não quero entrar no seu carro se eu não puder entrar na sua vida. Não me conte seu passado se eu não puder viver seu presente. Não faça planos comigo se não puder me incluir no seu futuro. Não me apresente seus amigos se, amanhã, vou virar só mais um. Me poupe do trabalho de adivinhar seus pensamentos. Diga que me quer apenas quando for verdade. Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas, quando estiver comigo, seja toda você. Corpo e alma. Por favor, não me apareça pela metade.”
Caio Fernando Abreu. (via antipoetico)

“Levanta daí, porque ninguém se importa se você está bem ou não. A sua dor vai virar apenas uma memória. É impossível agora, mas quem disse que a dor é para sempre?”
Promessas vazias.    (via revejo)

“Não vou te odiar, jamais faria isso. Você não tem culpa de ser retardado.”
Gabito Nunes.  (via revejo)