let me love you
"“E sobre o amor, me considero um pouco idiota e ingênuo. Eu sei que nada é pra sempre, mesmo assim acredito.”"
theme ©
“Tinha um jeito que era só dela, um jeito particular mas que todos conheciam, aquele jeito que você não esqueceria. Seus olhos, sua boca, seu toque, seus jeitos e manias… Quando irritada se dizia, mas que com toda graciosidade não parecia, era ela, o motivo de minhas insônias, era ela, tinha nome.”
Fred Medeiros. (via autorias)

“Você sabe. Acho que sempre soube. Eu tinha medo de gostar de alguém, de me envolver, de me mostrar sem disfarces. Amar dá um medo danado. De perder a liberdade, a identidade, de se machucar, de não saber mais voltar.”
Clarissa Corrêa.  (via toca-o-fodase)

“Eu odeio me explicar.”
Clarice Lispector.  (via toca-o-fodase)

“Olha, faça um favor para mim, antes de tremer as pernas pelo inconquistável e apagar as luzes do mundo por um único brilho falso, olhe dentro de você e pergunte: estupidez, masoquismo ou medo de viver de verdade?”
Tati Bernardi.    (via q-u-i-e-t-u-d-e)

se vc fosse uma bebida eu repetiria a dose, se vc fosse uma droga entraria em overdose.


“Desculpe a minha grosseria, é que não estou muito bem.”
Marcello Henrique (via mktubbvibes)

trago perigo no olhar e ele tá se ligando


Maktub é o nosso beijo lento, nossa respiração ofegante e tua mão descendo pela minha cintura


“A minha vontade era ficar, eu juro que era. Mesmo que não me pedisse e mesmo que não quisesse. Mas você me deu todos os motivos pra eu me afastar. Todos, repito.”
Querido John.     (via mktubbvibes)

Sou safado na hora certa e com a pessoa certa.